Atenção » Novos telefones e Horários
► F: (11) 4473-3030 - Qualquer horário ◄
(DEIXE SEU RECADO QUE RETORNAREMOS SUA LIGAÇÃO)
• F:(11) 98125-3310 » das 8:00 as 18:00
• F:(11) 96273-1573 » das 18:00 as 22:00
• F:(11) 98216-6106 » das 18:00 as 22:00
Novo • WhatsApp agora (11) 98216-6106
Sabados, Domingos e Feriados qualquer horário - Estamos a sua disposição !!!
Para contatos "Clique Aqui" ou estamos aguardando a sua ligação.
▼ Ligue agora e fale diretamente com o Criador ▼

Filhotes sexados, mansos e saudáveis !!!

AGORA NA TELEVISÃO ► PROGRAMA BALANÇO GERAL

Estação Movel Cinegrafista  |  Reporter  |  Thomas Thomas Redicino Entrevista ao Reporter Encerramento
Clique nas imagens para Ampliar !

Amansando Calopsitas

1ª - Parte

Calopsitas mansas são adoráveis, não são? Porém, antes de deixar sua calopsita bem mansa e bem manhosa, pense em quão mansa você gostaria que ela ficasse, sem restringir a sua vida e sem causar problemas a ela mesma. Uma calopsita muito mansa pode te seguir pela casa por onde você for, criar transtornos durante as suas refeições e não querer se desalojar de seus ombros e de suas costas em momento algum. Preste atenção em quanto ela fica na sua dependência. Tal dependência pode fazê-la só querer comer quando você estiver por perto e, ao ficar alojada em seus ombros, ela deixa de exercitar o físico. Não acostume mal sua ave para não ter futuras dores de cabeça. Pense nos momentos em quando você necessitar viajar, se ausentar, ou mesmo desejar ficar à vontade em sua casa.
Uma calopsita pode ser mansa e, ao mesmo tempo, independente. Ela come em seu viveiro, dorme em seu viveiro, explora a casa e tem seus momentos com você sem que isto se torne o ponto central da convivência.
Você acabou de comprar uma calopsita e ela é arisca. Como fazer? Tenha em mente que, filhotes e machos são mais fáceis de amansar. Fêmeas são mais ariscas. Os tipos “silvestres” são mais arredios e os tipos “lutinos”, os mais dóceis. Os tipos “arlequins” costumam ser brincalhões e o processo de “amansamento” é de médio a fácil.Dicas: A calopsita acabou de chegar em sua casa e não conhece ninguém. Não faça movimentos bruscos ao redor dela. Movimente vassouras e rodos com suavidade sem levantar muito o cabo. Eles se assustam com os cabos. Não abane tecidos perto deles, principalmente as cores marrom e abóbora. Como já foi dito, se você tem calopsitas, não deve ter cachorros e nem gatos. Se tiver, afaste-os deles.
Depois de 2 dias em sua casa, tempo para reconhecimento do ambiente, pegue fitinhas de cetim, faça nós nas extremidades para não desfiar e amarre-as nas grades da gaiola ou viveiro. Use cores variadas. O balançar das fitas vai ajudar a ave a se acostumar com o movimento de suas mãos. Quando for pegar algo dentro da gaiola (comedouros, água, etc.) coloque a mão com cuidado e devagar. Muito bem, a calopsita agora está mais tranquila, então é hora de começar a amansá-la. Para amansá-la você precisa criar nela, confiança em você. Fazer com que ela sinta que você faz parte do bando dela.Humanos e animais gostam de coisas e pessoas que se pareçam com eles e, quando estabelecemos confiança e harmonia, tornamos-nos tão parecidos com o outro que ele passa a confiar na nossa imagem, ou seja, na imagem dele mesmo. Entenderam? Imite, iguale, espelhe o comportamento de sua calopsita. Tente imitar os assobios dela. Quando ela abrir as asas, abra seus braços como se fosse voar. Espreguice-se com ela, acompanhe-a no que ela faz e, logo, ela estará seguindo você, porque você é do seu bando. Paralelamente, comece a segurar algo de comer para ela vir buscar na sua mão e chame-a mostrando o dedo indicador pedindo para coçar a cabecinha dela. Lembre-se sempre de usar um tom de voz amigo, confidente, cúmplice e morno. Aos poucos, ofereça os dedos para ela subir, depois as costas da mão e, por fim, o ombro. Lembre-se ainda que, você é o espelho dela e ela acompanhará parte de sua personalidade. Aproveite para se tornar alguém mais doce, mais feliz e cada vez mais aberto e confiante para a vida.Segure a ave com a mão esquerda e a cabeça da ave voltada para seu peito. Cubra-a com a mão direita e espere alguns minutinhos até que ela se acalme. Acalmou? Comece a deslizar, suavemente, a mão pelo corpinho dela com carinho. Quando conseguir fazer isto sem causar resistência nela vá deslizando a mão de cima para baixo... de baixo para cima, para a cabeça... Até conseguir acariciá-la normalmente. Neste ponto vá deixando-a livre na sua mão e comece a retirar de baixo dela o dedo indicador fazendo com que ela suba no seu dedo médio até ela empoleirar. Hehehehehe... Seu amiguinho está pronto para ser coçado todos os dias, mas agora... por favor, não se esqueça de corresponder, diariamente às necessidade de carinho dele, ok

2ª - Parte
Amansar uma calopsita arisca é uma tarefa que exige total dedicação, paciência e disponibilidade de tempo, para que se conquiste a sua confiança.
O contato deve ser feito aos poucos, sem exigir que a ave fique à vontade com você, ao seu lado, em pouco tempo.
O melhor método é atrair a ave com comida na mão, fazê-la sair da gaiola por sua vontade, evitar de estressá-la o mínimo possível.
Soltar a ave dentro de casa com asas não cortadas é muito perigoso, pois ela pode se machucar batendo nas paredes, e causando algum acidente (torção nas patas, quebra de bico, etc.)
Recomendamos que, depois de a ave estar acostumada ao novo ambiente, levá-la a um veterinário especializado em aves ou a um criador experiente , para que as duas asas sejam aparadas, de forma que ela consiga voar, mas não alcance vôo. Dessa forma, você poderá deixá-la andar pela casa, e esse contato próximo pode deixá-la mais à vontade com você.
As calopsitas podem vir a se tornar extremamente mansas, como podem não aceitar muito o contato físico (subir no dedo, aceitar que seja feito carinho no pescoço, etc.), mas ficará mais próxima do que antes.
Tenha calma e tranquilidade nessa fase, sempre com movimentos lentos, dirigindo-se à ave com as mãos fechadas, nunca mostrando os dedos, porque a calopsita não compreende que sua mão representa você, e sim um ser estranho.

seja o primeiro a comentar!

Design by Antonio Silva ^